ALERGIA ONLINE

Prevenindo a Alergia



ein Bild

Prevenção em Alergia

Abordar o tema "prevenção em alergia" é, sem sombra de dúvidas, falar sobre algo muito amplo, já que alergia engloba uma grande variedade de doenças (Asma, Rinite, Eczema de Contato, Alergia a Medicamentos, etc.). Porém, se você já possui alguma doença alérgica, predisposição ou simplesmente quer "ficar longe" de problemas alérgicos, aqui vão 10 dicas importantes:

1) Se você é mãe, e está amamentando, tente utilizar o leite materno até 6 meses de vida, sem oferecer alimentos estranhos (principalmente leite de vaca). O bebê possui uma imaturidade imunológica intestinal e grandes proteínas, podem ser absorvidas, causando os mais variados quadros de alergia alimentar. Após o sexto mês, quando iniciar outros tipos de alimentação, seja cautelosa, oferecendo cada proteína de uma vez e observando a reação da criança.

2) Quanto mais alimentos industrializaos comemos, maiores serão as chances de alergia a conservantes, corantes e acidulantes. Evite ingerir medicamentos de forma desnecessária, pois qualquer substância química pode sensibilizar o organismo do ser humano, gerando reações indesejáveis. Passar produtos em demazia no corpo, com formulações desconhecidas, também pode ser prejudicial a pele. Utilize produtos de beleza com cautela, sempre lembrando que estes podem gerar reações desagradáveis.

3) Se você descobriu que é alérgico a poeira doméstica, evite tapetes, carpetes, cortinas de pano, cobertores de lã e casacos peludos. Não varra a casa e nem passe espanador nos móveis. Prefira sempre o pano úmido. No momento da faxina, coloque uma máscara e luvas para proteger as mãos do contato com a poeira. Evite bichos de pelúcia e livros no quarto, pois são objetos de difícil limpeza. Aliás, quanto mais simples for o quarto de dormir, mais fácil será a limpeza e menor quantidade de poeira terá.

4) Descobriu que é alérgico ao ácaro ? Antes, dê uma olhada na página deste site que fala tudo a respeito do ácaro doméstico. Ele vive em nosso colchão e travesseiro, pois se alimenta de restos de pele. Deste modo, forrar o travaseiro e o colchão com material antiácaro é fundamental. Visite o site www.alergohouse.com.br e saiba mais sobre os produtos para combater o ácaro.

5) Os antigos travesseiros de pena são desaconselhados para aqueles que possuem asma ou rinite alérgica, já que além de soltarem pequenos flocos de penúgem, terminam por acumular grande quantidade de poeira doméstica.

6) Para os indivíduos que possuem qualquer tipo de doença respiratória,  odores mais forte, devem ser evitados. Os produtos químicos com cheiro muito forte irritam as vias respiratórias, podendo exacerbar as crises de tosse e obstrução nasal. Deste modo, o uso de inseticidas, perfumes em demasia e produtos de limpeza devem ser utilizados com cautela.

7) Pêlo de cão e gato são inimigos dos pacientes portadores de alergias respiratórias. Mesmo que não possuam alergia confirmada no teste alérgico, todos devem evitá-los já que as pequenas partículas do pêlo, principalmente do gato, são facilmente inaladas e também podem causar exarcebação das crises de alergia. Evitar que o animal permaneça no quarto do alérgico e lavá-lo uma vez por semana, são medidas fundamentais para diminuir a sensibilização ao pêlo. O melhor é não tê-los !

8) Banho frio ou quente nada tem a ver com a alergia. A temperatura da água não influencia no sintoma alérgico respiratório. O problema está nas mudanças bruscas de temperatura. O nariz do paciente com rinite alérgica, hipersensível, poderá apresentar alterações com a mudança do quente (vasodilatação), para o frio (vasoconstricção). Mesma coisa acontece após um banho demorado em água quente, num dia muito frio, quando o rinítico sai do banheiro sem camisa ou pisa no chão frio, descalço. Deste modo, o conselho é evitar as mudanças bruscas de temperatura, principalmente no inverno.

9) Banho de piscina não é recomendado para quem possui rinite alérgica, sinusite ou eczema atópico. O cloro pode irritar a mucosa nasal e a pele, ocasionando piora das doenças acima relacionadas. A natação é um excelente exercício aeróbico para os asmáticos que não estão em crise de asma e que não possuam rinosinusites ou eczema atópico. Mas lembre-se. é importante que o alérgico pratique esportes, pricipalmente os aeróbicos.

10) Fumar, nem pensar ! Faz mal a saúde de quem não é alérgico e principalmente dos alérgicos. Pais fumantes possuem filhos com maior probabilidade de doenças respiratórias infecciosas e alérgicas. Lembre-se sempre que a fumaça de cigarro se espalha pelo ambiente doméstico e todos acabam fumando passivamente. Não adianta fumar no banheiro com a porta fechada, pois a fumaça não sai pelo ralo ! Tenha amor por você e pelos seus familiares. Troque o cigarro por uma vida mais saudável !